Quinta, 20 de Junho de 2024 05:46
(44) 99854-8707
17°

Tempo limpo

Goioerê, PR

Dólar com.

R$ 5,42

Euro

R$ 5,83

Peso Arg.

R$ 0,01

GOIOERÊ GOIOERÊ

Prefeito Betinho Lima acompanha processo de Concretagem das primeiras lajes do Colégio Agrícola de Goioerê

Investimento de mais de 23 Milhões

07/11/2023 00h59 Atualizada há 7 meses
Por: José Lopes Rodrigues Fonte: GOIOERÊ É ASSIM
Prefeito Betinho Lima acompanha processo de Concretagem das primeiras lajes do Colégio Agrícola de Goioerê

O prefeito Betinho Lima esteve nesta segunda-feira (7) acompanhando os serviços de concretagem da laje dos primeiros pavilhões do Colégio Agrícola Vila Progresso, que está sendo construído na Vila Rural Candeias em Goioerê. As obras estão em ritmo acelerado, e a previsão de conclusão é para o segundo semestre de 2024.

Para a execução dessa obra, o Governo do Paraná está investindo R$ 23,2 milhões aportados no Colégio Estadual Vila Progresso na Vila Rural Candeias. O Colégio Agrícola de Goioerê fará parte do Programa Cooperativas-Escolas que está sendo implantado pela SEED – Secretaria de Estado da Educação.

O prefeito Betinho Lima destaca que o Colégio Agrícola será uma referência em educação profissionalizante na área do agronegócio e receberá alunos de diversas partes do Estado, pois a escola terá o regime de internato, podendo atender até 800 estudantes.

Com o novo projeto voltado para o sistema de agricultura 4.0, que emprega mais tecnologia e precisão, o Colégio Agrícola de Goioerê terá 6.424 metros quadrados de área construída, com 30 salas de aula e uma completa estrutura de internato para os estudantes. "O Colégio Agrícola que está sendo construído em Goioerê é a 24ª unidade e será a maior e mais moderna do Paraná", cita Betinho.

Além de incentivar o cooperativismo como atividade de ensino, a nova lei também permitirá que os colégios comercializem parte da produção das fazendas-escola. Nessas instituições de ensino profissional, os alunos participam de uma variedade de atividades agrícolas e pecuárias, como a produção de grãos, hortaliças, leite e outros produtos. Esses produtos são consumidos pelos próprios estudantes, mas o excedente não podia ser comercializado até então.

O colégio terá sua própria cooperativa-escola, uma pessoa jurídica sem fins lucrativos composta por alunos, servidores e professores. O objetivo, conforme estabelecido na lei, é promover e estimular a cooperação mútua entre seus membros para impulsionar o desenvolvimento do cooperativismo com finalidade educativa, através de atividades econômicas, sociais e culturais em benefício dos associados e da instituição de ensino.

AGRICULTURA 4.0

A Agricultura 4.0, também conhecida como agricultura digital, é um conjunto de tendências tecnológicas no agronegócio. Ela compreende uma série de tecnologias digitais integradas e conectadas por meio de softwares, sistemas e equipamentos. Essa integração possibilita que os produtores apliquem a agricultura de precisão de forma prática.

Essa integração é capaz de otimizar a produção agrícola em todas as etapas, desde o plantio até a colheita. A Agricultura 4.0 baseia-se na gestão de dados no campo, na rápida produção de ferramentas e técnicas, na profissionalização e na sustentabilidade da produção.

Esses elementos juntos constituem os quatro pilares da Agricultura 4.0, que orientam todas as atividades e práticas no campo. Eles garantem: a gestão a partir da coleta e obtenção de dados primários e secundários; a produção em larga escala de novas ferramentas e técnicas; a sustentabilidade nos processos produtivos; e a profissionalização das atividades no campo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.